Go to...

COMUNICADO A TODO O BRASIL: Sindicato dos Médicos não é Partido Político!

Os médicos não querem o aparelhamento das instituições

Se há uma coisa que o Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro não pode é partidarizar a sua diretoria. Esta prática de ocupar os sindicatos para servir às máquinas partidárias é o que há de mais antigo e enfraquece as instituições sindicais.

Sindicato não é partido político, e se tentar ser irá se enfraquecer. A chapa de oposição quer cometer os mesmos erros e levar o Sinmed/RJ a se subordinar a uma agremiação que é menor que a categoria médica. O Sinmed/RJ tem que ser plural e alicerçar suas forças na diversidade das ideias e independência das ações. O Sinmed/RJ tem que dialogar abertamente com todas as correntes e partidos políticos para garantir e conquistar direitos.

A Chapa 1 tem a diversidade de ideias necessária para representar os médicos e vai buscar apoio, seja em que partido for, para defender seus interesses. A Chapa 1 tem um apoio diversificado. Não vamos criar turminhas de crianças reclamando no canto da sala e perder, por exemplo, a oportunidade de ter o apoio para criação da tão desejada e merecida Carreira de Estado ou a equiparação da Gratificação de Desempenho com outras categorias de nível superior. Se o Sinmed/R for partidarizado, a categoria médica não vai conseguir atingir seus objetivos!

PauloRamos(destaque)

“Paulo Ramos (PSOL-RJ)
apóia a Chapa dos Médicos.”

“A  Chapa 1 é A FAVOR da Carreira de Estado para os médicos e tem o apoio do relator.”

Caiado(destaque)

A Chapa 1 tem apoios que ajudam nas lutas e interesses dos médicos, independentemente de vinculação partidária. Também tem o apoio do Deputado Paulo Ramos, cujo Partido, PSOL, tem uma linha ideológica conflitante com o Senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) que é Relator da PEC 454 que cria a Carreira de Estado para os Médicos. A ingenuidade de meninos-idosos que ainda acham que podem conquistar direitos com algumas palavras de ordem e uma bandeirinha na mão pode levar o Sinmed/RJ para o imobilismo e a falta de representatividade. Parece que não aprenderam com as manifestações espontâneas de 2013, quando foram expulsos das passeatas, tachados de oportunistas, por não terem legitimidade de representação. E aí esconderam as bandeirinhas…

TV CHAPA 1 - Chapa dos Médicos Presente (destaque)

A Chapa 1 não está vinculada a nenhum partido político ou qualquer entidade sindical. Veja o vídeos ao lado e entenda que a chapa de oposição vive das suas revistas de fofocas. Não tem programa nem participa de nenhuma lutas. É a Ausência Sindical… 

A categoria médica não é ingênua e tem experiência suficiente para decidir os seus destinos. O apoio que a categoria precisa vai muito além de pequenos grupos. Os médicos têm todas as ideologias existentes no Brasil e merecem respeito.

Mostrem a sua cara!

A Chapa 1 também não se esconde atrás de entidades. Cada um dos seus membros tem a coragem e honestidade de escrever, assinar, gravar e tornar público tudo o que pensa e principalmente o que faz!VertenteSindicalPetista

A Chapa 1 não se esconde atrás de vertentes partidárias, como o Sr. Lauro Diniz, da oposição que não assina os documentos que escreve. Esconde-se atrás de uma entidade. Clique na imagem ao lado e comprove (o site será aberto em outra aba do seu navegador).

E por falar em honestidade, vamos ao real motivo da existência de duas chapas. O atual presidente do Sinmed/ RJ, Jorge Darze, tem muita tranquilidade para encarar essa briga.

O líder da outra chapa o acusa de estar no sindicato há 18 anos, mas está há 40 anos na diretoria do Sinmed/RJ, e boa parte como tesoureiro. Então a divergência não é por tempo de permanência.

Nestes 18 anos, todos os mandatos foram conquistados com votos e com o apoio do falacioso adversário, que até pouco tempo era admirador do Darze e da Sara Padron, candidata à vice na Chapa 1.

Então o que aconteceu, qual foi a repentina divergência?  Nenhuma. Na verdade o candidato da oposição foi, em assembleia da categoria, afastado da tesouraria por irregularidades na sua administração. Foi um desfalque de meio milhão de reais do caixa do sindicato na gestão do tesoureiro afastado. Um dos objetivos da Chapa 1 é continuar o processo na justiça e cobrar até o fim para que esse dinheiro seja devolvido.

Histórico de ações contra os interesses dos médicos

O vice-presidente da outra chapa – que foi Secretário de Saúde no governo de Benedita da Silva(PT) – enviou o PCCS dos servidores da saúde fora do prazo para ser votado na Alerj, o que inviabilizou totalmente a implementação do nosso plano de carreira.

Tem mais! Você sabe por que os médicos de Angra dos Reis fizeram um abaixo-assinado contra um integrante da chapa da oposição?

 Essa falsa oposição também tem em seu grupo um ex-Secretário de Saúde da Prefeitura de Angra dos Reis(PT), Rodrigo Oliveira que prejudicou a categoria, inclusive atrasando os seus salários, e que tentou implantar privatizadoras Organizações Sociais (OS) para administrar as unidades públicas de saúde do município, tendo sido impedido pela luta da Chapa 1 e dos servidores.

Para ficar claro para todos os médicos o que aconteceu no caso desta liminar

E para que todos também saibam desta farsa orquestrada pela oposição, que não tem a coragem de mostrar a sua cara, estes cometeram, pela segunda vez, o que juridicamente se chama de litigância de má fé, quando se entra na justiça, mais de uma vez com o mesmo objeto. Má fé, uma prática que combatem no discurso…

No caso desta(s) liminar (es), os membros da outra chapa fizeram duas ações ao mesmo tempo, com clara tentativa de burlar o sistema processual.

Na primeira ação eles levaram informações erradas para o juiz dizendo que foi apenas o presidente do Sinmed/RJ quem aprovou os locais de votação, quando esta responsabilidade era da Comissão Eleitoral, da qual chapa de oposição também fazia parte. Tentaram obter esta liminar sem que o Sinmed fosse ouvido. Por isto esta tentativa ocorreu na sexta-feira, dia 26 de agosto. Então não deu tempo para o Juiz ouvir o Sinmed.

Já na segunda ação, solicitada por outro membro da chapa da oposição, mas ingenuamente solicitada pelo mesmo advogado, o Juiz não viu provas para anular as eleições e por isso deu a decisão liminar favorável ao Sinmed, considerando regular o processo .

Os fatos falam por si e contra eles não há argumentos.

Fofocas e malversação
aaa
Oposição diz que a Chapa 1 tem o apoio do Roberto Jefferson. 
 aaa
É MENTIRA!

RJeff

 

Oposição ainda tem muito o que explicar!!

 

Cade-o-dinheiro-4A Chapa 1 já desmascarou a chapa de oposição, que, esta sim, tem como cabeça de chapa um cidadão que está há anos como tesoureiro do sindicato e que, assim como o Eduardo Cunha, quer conseguir um cargo de presidente para manipular o processo de improbidade e fugir das mãos da justiça.

 

Jorge Darze, presidente do Sinmed/RJ diz como descobriu a irregularidade do ex-tesoureiro e que medidas administrativas e judiciais tomou para reaver este prejuízo de mais de meio milhão de reais!

 

 LEIA TAMBÉM

A Chapa 1 informa: a Justiça reconheceu a legalidade do processo eleitoral no SinMed/RJ

About admin