Go to...

Mentira tem pernas curtas

A Justiça rejeitou a queixa proposta pelo ex-tesoureiro do SinMed/RJ e candidato a presidente da outra chapa contra o presidente do sindicato e candidato da chapa 1, Jorge Darze. Na ação, ele alega ter sido vítima de “injúria, calúnia e difamação”, durante assembleia geral dos médicos, realizada em 27/06/2015.

mentiras-1

A decisão do juiz

Em sua decisão, o juiz André Ricardo de Franciscis Ramos, da 28ª Vara Criminal, afirma: “…examinando-se a narrativa da queixa, vislumbra-se não só inegável inépcia, como também falta de justa causa… Com efeito, a queixa não descreve em momento algum quais seriam as expressões injuriosas, caluniosas e difamatórias que teriam sido usadas contra o requelante durante a assembleia… O que se vê é que o querelante se limitou a reproduzir na narrativa da inicial o inteiro teor da ata da reunião, cuja ocorrência, inclusive, também impugna. Pelo que se vê do teor da referida ata, a assembleia entendeu por bem afastar cautelarmente o primeiro tesoureiro… pois existiriam atos que teriam importado em malversação e dilapidação do patrimônio dos médicos desta cidade, tendo ocorrido um estudo preliminar para apresentação de proposta de serviço de auditoria contábil que não teria contado com o apoio do querelante, o qual teria sonegado documentos, descumprindo as determinações da diretoria, vindo a atrasar diversos pagamentos devidos pelo sindicato”.

O magistrado afirma ainda que caberia ao ex-tesoureiro apresentar, junto ao sindicato, “as razões e as provas pelas quais entende que não deveria ter sido afastado”. Pelo visto, a onipotência desse senhor o impediu de prestar contas sobre a denúncia. Como diz o ditado: quem cala, consente!

Ao encerrar a decisão, o juiz salienta: “Como dito acima, da leitura atenta da ata da assembleia inquinada como ofensiva, além do mero “animus narrandi” com o objetivo de fundamentar o afastamento de um membro da diretoria do sindicato, não se vê a imputação de nenhuma ofensa ao querelante”.

A verdade tem a velha mania de se revelar

Cade-o-dinheiro-4Essa é mais uma derrota da outra chapa, além de ser a comprovação de que a máscara do ex-tesoureiro está caindo por terra diante de fatos incontestáveis. Por outro lado, nós, médicos da Chapa 1, estamos conseguindo fazer chegar aos nossos colegas A VERDADE escondida por trás da propaganda enganosa feita pela outra chapa, cujo candidato insiste em nos atacar, porque não tem como se defender. Ele tenta se eleger presidente do sindicato apenas para ficar livre da ação de cobrança dos 500 mil reais que o SinMed/RJ está propondo, bem como da ação criminal.

E essa falsa oposição vai continuar se dando mal, porque mentira tem perna curta.⁠⁠⁠!

About admin