Go to...

Jorge Darze denuncia invasão à Maternidade e SMS do Rio de Janeiro nega

Jorge Darze, presidente do Sindicato dos Médicos do RJ, candidato pela Chapa 1, a Chapa dos Médicos, denunciou à imprensa que a maternidade Herculano Pinheiro, em Madureira, Zona Norte, foi invadida por traficantes armados, no final da segunda-feira, dia 17 de outubro. A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS) negou que tenha havido invasão à unidade. Além de denunciar, Darze pediu reforço de segurança para a esta maternidade.

Dois homens em uma moto se aproximaram do vigilante na entrada do prédio e disseram que queriam um médico para acompanhá-los, segundo eles, para “fazer um curativo em uma pessoa” na vizinhança.

smsescondida

Segundo Jorge Darze os traficantes só desistiram da ideia depois de uma longa negociação, na qual os médicos da unidade argumentaram que por se tratar de uma maternidade não havia profissionais com capacidade para socorrer pessoas feridas por tiro. Após a conversa, os bandidos se retiraram da maternidade.

A SMS do Rio de Janeiro imagina ter se escondido, mas a notícia se espalhou pelos meios de imprensa, de onde tiramos vários trechos ilustrativos desta matéria que mostra que a CHAPA 1, a CHAPA DOS MÉDICOS, está presente em todos os momentos.

Quem já precisou de nós sabe que pode confiar

 

Confira o que saiu na imprensa

Traficantes invadem maternidade para pedir que médico atendesse baleado em favela
Madureira: bandidos invadem maternidade em busca de médico
Criminosos invadem hospital em busca de médico
Sindicato dos Médicos pede reforço na segurança de maternidade no Rio
Entidade médica denuncia invasão de bandidos a maternidade no Rio
Bandidos invadem maternidade atrás de médico para atender baleado

About admin